Contato do representante
Gestão de energia
conforme a
ISO 50001

Gestão de energia
conforme a
ISO 50001

SCADA para implementação
sustentável

A norma internacional ISO 50001:2011 oferece às empresas uma estrutura flexível para implementação da gestão de energia sustentável. Para empresas que trabalham com produção automatizada e fabricantes de equipamentos, o sistema SCADA utilizado desempenha um papel importante numa perspectiva de longo prazo. Suas habilidades podem facilitar ou dificultar o sucesso sustentável da gestão de energia.



Energy Data Management with zenon

Fact Sheet

Energy Data Management with zenon

935 KB

Fornecimento de dados a um Energy Management System: interação integrada

As unidades industriais geralmente englobam uma mistura heterogênea de controladores, máquinas e softwares. Um sistema SCADA com suporte à ISO 50001 deve ser capaz de incluir a maior quantidade possível de interfaces, com conexões diretas às máquinas e outros aplicativos, como software ERP. Somente dessa maneira é possível transferir, a partir de outros sistemas, dados válidos e com o menor nível possível de erros.

 

O ideal é que o software SCADA forneça suporte a normas internacionais, como a IEC 60870 ou 61850, e possa se comunicar utilizando protocolos proprietários. Os sistemas SCADA fixados em um único ambiente de hardware geralmente são limitados pelo mesmo.

 

Esse ponto de vista é muito importante, especialmente para o sucesso em longo prazo. Partes do equipamento a ser integradas anos mais tarde também devem poder ser integradas sem problemas à gestão de energia.

Dados históricos: uma base importante para a Gestão de Energia

Para que um sistema de gestão de energia seja implementado com sucesso, de forma duradoura, a equipe de gestão de energia deve poder confiar na qualidade dos dados disponíveis. Aqui se trata não apenas dos dados atuais, mas, acima de tudo, de dados históricos.

 

Os dados atuais vêm de diferentes sistemas, muitas vezes direto da HMI. Os dados históricos já estão arquivados no sistema. Contudo, devem permanecer armazenados no sistema para validação, agregação e análise a partir de diversas perspectivas, de forma a possibilitar a comparação com dados atuais a qualquer momento. Isso significa que deve ser possível armazenar dados, às vezes em quantidades muito grandes, de maneira segura, também em dispositivos externos de armazenamento e, ao mesmo tempo, obter acesso imediato aos mesmos para análise.

 

Além disso, há também a habilidade de preparar informações para equipes de gestão de energia, tomadores de decisão e para a gerência superior, para que os dados também possam ser utilizados racionalmente. Isso significa produzir relatórios de maneira clara e consistente e, além disso, enviá-los às pessoas e equipes corretas.

Reforçar o Energy Management System: Ação automática

Um sistema de gestão de energia voltado para o futuro não deve apenas determinar as regras para eletricidade adquirida, picos de carga, consumo, etc. Ele também deve definir regras para ação proativa. Isso permite, por exemplo, evitar picos de carga e, consequentemente, despesas decorrentes da ultrapassagem de custos fixos de energia. Aqueles que desejam otimizar seu consumo de energia futuro não só podem definir perfeitamente sua gestão de energia, mas também negociar contratos de suprimento mais baratos. Só é possível implementar regras proativas de forma razoável se o sistema SCADA de suporte puder ser controlado pelo software de gestão de energia.

 

Dessa forma o software de gestão de energia pode fornecer previsões relativas ao consumo futuro de energia, por exemplo nos próximos 15 minutos, detectar picos de carga e propor ações. O ideal é que isso também faça com que sejam realizadas as ativações necessárias de forma imediata e automática, por exemplo ativação de geradores, desconexão de dispositivos consumidores da fonte de energia principal ou redução de dispositivos consumidores de energia. Contudo, no caso de sistemas que atuam separadamente, há o risco de ativação incorreta.

 

Para que a ação proativa entre o sistema de gestão de energia e o SCADA ocorra sem problemas ou erros, os dois devem ser intimamente interligados. O ideal é que o sistema de gestão de energia seja diretamente integrado ao software SCADA. Isso garante distâncias extremamente curtas ao obter ou reter dados e, além disso, garante interações sem erros, com comutação proativa.

A gestão de energia exige sistemas SCADA de alto desempenho

Uma gestão de energia duradoura requer o suporte consistente de um sistema SCADA flexível e integrado. A fusão entre software de gestão de energia e SCADA de forma impecável fornece às equipes de gestão de energia o suporte necessário para o sucesso em longo prazo.